05/2011

Primeira usina a Biogás entra em operação

Entrou em operação na cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, a primeira usina movida a Biogás. A produção de energia será realizada a partir do aproveitamento do biogás de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

Contratada pela empresa Ambient, concessionária responsável pelos serviços de tratamento e destinação final do esgoto do município, a Guascor forneceu os grupos geradores, montou e realizará a manutenção preventiva e corretiva da usina.

 A planta conta com dois grupos geradores para cogeração a biogás, totalizando 1,5 MW de potência instalada. A produção de energia se dará da seguinte forma: o tratamento de esgoto na ETE Ribeirão Preto gera diariamente 8 mil m³ de biogás. O biogás contém entre 60% e 65% de metano, gás que será utilizado como combustível pelos grupos geradores, que o transformarão em energia elétrica. A energia será para consumo próprio da ETE e possibilitará uma redução considerável dos custos com eletricidade.

O empreendimento é duplamente ecológico. O biogás é uma fonte de energia renovável. Seu uso não desgasta recursos naturais do planeta e gera uma energia “limpa”. O projeto foi desenvolvido pelo departamento de engenharia da OHL, grupo espanhol do qual a Ambient faz parte, e prevê um sistema de paralelismo. Nos horários de menor demanda, o sistema suprirá toda a necessidade da ETE. Nas horas de pico, entrará em operação a rede interligada, para reforçar o fornecimento. “Ficamos felizes por contar com a parceria da Guascor em um projeto inovador”, afirma Paulo Roberto de Oliveira, Diretor-Presidente da Ambient.

 A iniciativa responsável da Ambient, aliada à tecnologia da Guascor, contribuem para que o país conheça um novo conceito de solução energética sustentável. A Guascor já desenvolveu 75 usinas similares em mais de dez países e espera espalhar essa novidade também no Brasil.